23 de out de 2009

Saudades...

23 de out de 2009

Sinto falta.

Das conversas bobas na madrugada, de assistir Jô Soares repetido, de fazer rir sem motivo.
O leite quente na volta da faculdade. O arroz, o feijão, o macarrão.
De xingar o juiz quando ele expulsava algum jogador do Fluminense. De chamar o Palmeiras de sem vergonha quando perdia.

Saudades.

Saudades de chegar do futebol e dizer oi, de dar um beijo e ir tomar banho antes que ela brigasse.

De fazer planos pro sábado a noite. De ter que convence-la a sair. Caseira que só vendo.
De toda hora ir na cozinha pra ver se ela precisava de ajuda. E ela quase nunca precisava.
Ajeitar o lenço no cabelo antes do almoço em frente o espelho. E quando ele caía deixava ela nervosa.
Saudade de deitar no braço dela caindo de sono a noite. As vezes ainda com cheiro de detergente ou de gordura, mas era um cheiro acolhedor, confortável.
Saudade do sorriso dela. De ver ela feliz, animada com alguma coisinha que mudasse a rotina de sempre.
Os sustos que ela levava, seja do meu pai, ou seja meu. Depois de dois ou três palavrões, as risadas.

Ficar sentado no muro no terraço enquanto ela lavava roupa. Eu lia um livro e ela perguntava o que era.
Ela sempre pedia compania. Odeia ficar sozinha.

Saudade de sair e ela contar as moedas do pão.


A vida muda, o tempo muda. Os problemas impedem que tudo transcorra da maneira que devia ser: a maneira certa.

O que não muda é a saudade da minha mãe!

0 comentários:

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates