5 de mar de 2007

Tendencias

5 de mar de 2007

Vivo basicamente entre a inspiração do viver e a tristeza do irreal,que passa perto e longe de mim.
São tantas causas, tantos casos, que me perco.
Eu amo, odeio, gosto e desgosto, obviamente de coisas diferentes.
Desejo tanta coisa, que planejo o que fazer se não se concretizar tais desejos.
Sempre tive o pessimismo como aliado forte, pra me aliviar quando não tiver no melhor momento para se acreditar, seja no que for.
Meus desejos são simples, creio.
Quero poder viver meu jeito de ser em paz, por mais diferente e louco que seja.
Se eu não gosto de feriado, e gosto da segunda-feira, quero poder acordar tranquilo sendo o que sou, e o farei, queiram ou não, aqueles que adoram se apoderar da vida alheia de alguma forma.
Se não gosto do que a maioria gosta, talvez seja bom, ou talvez seja ruim.
Deve ser dificil aceitar que o outro é diferente. Vejo por mim, que não aceito até hoje que o mundo esteja tão torto, tão perdido. Mas não vou ficar esperando as coisas aparecerem pra que eu possa seguir.
A vida é bem mais que aceitar o modo do outro viver. É tentar de todas formas ter uma vida normal, que preze o respeito pelo ser humano, pelo nome que voce assina nos documentos, pela família que eventualmente, voce terá (quem isso desejar. Eu desejo), e é nessa família que deve-se estar a base de uma vida feliz, equilibrada.
Onde não prevaleça a máxima do "quebrar regras", mas sim do instituir regras e segui-las,de acordo com sua concepção de certo e errado.
A vida poderia se tornar bem mais fácil, se não fosse a eterna tendencia de tornar tudo tão difícil.

0 comentários:

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates