15 de dez de 2006

Pequenos detalhes

15 de dez de 2006

Certas vezes eu só desejava sentir.
Queria nas manhãs, interpretar e sorrir junto dos desenhos que o sol forma na parede de um quarto escuro, de cortinas fechadas, onde a luz passa por frestas abertas na janela semi-aberta. Apenas poder sentar no chão, olhar o espetáculo da vida acontecendo, na minha frente.
Tambem queria ver o sol nascer da janela de uma simples e aconchegante pousada, uma xícara de café quente numa mão, e com a outra segurar outra mão, mais frágil e perfumada que a minha.
Queria nas manhãs chuvosas e nubladas, fechar meu guarda-chuva e sentir as gotas ferindo meu rosto, molhando meu corpo. Tocar nas placas de anuncios, de trânsito, nos troncos encharcados das árvores, e me sentir parte daquele show.
Queria andar descalço por campos verdes, sentir a terra me sentindo.
Abraçar um amigo, cantar e dançar a música que escuto tocando ao longe.
Queria poder sentir a felicidade em tudo, sentir coisas novas, vibrações positivas e alegres, o tempo todo.
E por maiores que sejam as pedras no caminho, quero me sentir ultrapassar esses obstáculos, sentir viver e ser, e só!

0 comentários:

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates