4 de abr de 2007

Como uma estrela que ilumina um lago

4 de abr de 2007
Passo o dia, o tempo contando e observando meus passos.
Eles se tornaram mais firmes de uns capítulos pra cá, como a água que virou vinho.

Descrever mudanças nunca foi meu esporte favorito, principalmente mudanças na essência das pessoas. Essas mudanças me assustam, pois fazem parecer que a essência de cada um se mistura com a falta de personalidade, na qual por vezes me apontaram como adepto.

Me imagino por vezes andando em volta daquele mesmo lago, que eu queria estar, lembram-se?
Mas parece que as águas estão mais turvas, escuras. A neblina ficou mais forte, pois não posso mais enxergar o que há no fundo desse lago. Tudo agora tem um aspecto estranho, indefinido e ilusório, porém real e firme, como meus passos.
Daí tudo se torna impressionantemente desconexo, quando comparado a estranha realidade do mundo.

Pessoas enxergam as outras como estrelas, onde se vê nítido brilho, porém pouco se sabe, e pouco se pode ver, entender. Eu sou assim. Sou como uma estrela.
Estrela que brilha, e é ofuscada pelas nuvens, cinzentas e pesadas, refletidas pela pressão diária e pensamentos de cunho pessimista e negativo, que são inevitáveis em qualquer mente, em qualquer humano.
Na verdade nos descobrimos pelas contradições, dentro de nós mesmos.
Do pessimismo forte se chega ao inspirador pensamento positivo otimista, que nos impulsiona a ser alguém, e antes disso, fazer por ser alguém.

Alguém que possamos olhar no espelho daqui uns anos, ou daqui umas vidas, e poder dizer, sem medo ou receio, que conseguimos, e estamos vivos para sentir e vivenciar o tão sempre ausente, e agora presente êxito.
Tudo numa visão totalmente, otimista, partida do pessimismo.
Aprendemos pelos opostos, pelas diferenciações e comparações.
Nem sempre podemos olhar somente para nós, pois exemplos sempre serão bem vindos como modelos a se seguir.
Dificuldades existem, e vão aumentar, em tudo que por ventura fizermos.

Mas nada superará, um dia, a alegria e satisfação de saber, que um dia seguimos um exemplo, mas amanhã... amanhã nos tornamos um!

0 comentários:

 
◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates